O escritório Freitas & Julião é um dos mais tradicionais de Santos e seu início teve, como fator principal, a paixão de Ivanóe Freitas Julião pela Advocacia. Mesmo atuando na Guarda Portuária na antiga Docas, hoje, CODESP, Ivanóe, nos horários de folga, procurava inteirar-se dos processos dos amigos de Faculdade, que já militavam no Direito.

Corajoso, resolveu tentar realizar seu sonho e alugou uma sala no edifício Humanitárias em 1973. Começava, assim, uma trajetória de comprometimento com o cliente e respeito com os demais colegas de profissão, já que Ivanóe preenchia o perfil requisitado pelos primeiros clientes da área Trabalhista: conhecimento jurídico, comunicação fácil com funcionários de diversos escalões e agilidade na resolução de conflitos.

A demanda de clientes aumentou e Ivanóe , em 1977, levou o escritório para a Rua Amador Bueno, conhecida por abrigar os grandes nomes da advocacia da Cidade. Ao mesmo tempo, associou-se com Manoel Dacal Galante para atuação também em São Paulo. Após oito anos, a sociedade se desfez, porém, a amizade continuou e o Freitas & Julião passou para o Edifício Lex Urbis, na década de 80. Próximo ao Fórum, o prédio era sinônimo de modernidade para os advogados da região.

O escritório Freitas & Julião cresceu, requereu mais profissionais e estagiários até que, na década de 90, recebe, como estagiário, Rodrigo de Farias Julião, filho de Ivanóe. A paixão pela advocacia também se transmite geneticamente.

Nos anos 2000, Ivanóe e Rodrigo, já advogado e iniciando carreira docente, formam sociedade. Antevendo a importância do bairro da Ponta da Praia para a Região Metropolitana de Santos, transferem o Freitas & Julião Advogados Associados para lá, atual sede do escritório, onde compõem outros profissionais do Direito, tão dedicados como Ivanóe em sua trajetória, e que seguem seus valores fundamentais: comprometimento, respeito e honestidade.

 

“O meu trabalho é sempre o melhor para meu cliente, sem prejudicar ninguém”

Ivanóe Freitas Julião